MOTOGP: JONAS FOLGER AUSENTE EM 2018

MOTOGP: JONAS FOLGER AUSENTE EM 2018

Problema sério para a equipe satélite Yamaha Tech 3 quando já estamos muito perto de retomar os testes oficiais de pré-temporada

n10ju4j4v4cdq47d3ewiJonas Folger, que já havia falhado as últimas quatro jornadas de 2017, anunciou que não irá competir no próximo ano. Uma notícia surpreendente, pois tudo apontava para que o piloto alemão participasse dos testes oficiais de Sepang (Malásia), que começam no dia 28 de janeiro.

Esta decisão prende-se ao fato do piloto alemão não estar preparado em termos mentais e físicos para a exigência de uma temporada na classe rainha numa fase em que está se recuperando da Síndrome de Gilbert, uma doença genética que atinge entre 2% a 5% da população mundial e que afeta o funcionamento do fígado.

“Estou muito triste por dizer isto, mas a verdade é que não poderei competir, em MotoGP, na próxima temporada. Não consegui melhorar da forma que estava esperando e nesta fase não me sinto 100% para pilotar um protótipo de MotoGP. Espero regressar um dia e agradeço todo o apoio demonstrado”, disse Jonas Folger em comunicado oficial da Yamaha Tech 3.

Já o chefe de equipe da Tech 3, Herve Poncharal, afirmou que tem o “máximo respeito pela decisão tomada”, mas não escondeu que a ausência forçada do seu pupilo é uma “situação difícil de digerir porque estamos falando de um piloto em que tinha depositado muitas esperanças e tinha certeza que iria chegar, em 2018, ao topo”.

O dirigente francês revelou ainda que só tomou conhecimento desta decisão ontem à noite. “Recebi uma chamada do agente do Jonas, Bob Moore, que me transmitiu que Folger não está 100% em termos mentais e recuperado no aspecto físico”.

Por último o histórico líder do conjunto gaulês abordou o tema da substituição de Jonas Folger, agora que o regresso aos trabalhos em pista está para breve. “Temos de encontrar um piloto substituto. Será uma missão difícil, pois todos os pilotos rápidos estão debaixo de contrato. No mundo das corridas temos de ser proativos e estar em constante reinvenção. Espero que em breve possamos fazer alguém feliz”, disse Herve Poncharal, que o ano passado teve em Kohta Nozane, Broc Parkes e Michael Van der Mark substituindo Jonas Folger.

Na sua temporada de estreia na MotoGP, Jonas Folger esteve a um bom nível ao somar 84 pontos nos 14 Grandes Premios onde marcou presença, tendo como melhor resultado precisamente o segundo lugar no seu Grande Premio da Alemanha.

Fonte: https://www.motosport.com.pt / Alexandre Melo

Esse post foi publicado em Competições, Motociclismo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s