MOTO 1000 GP: TEAM ESTRELLA GALICIA 0,0 FAZ DOBRADINHA EM CAMPO GRANDE NA GPR 250

A vitória ficou com Brian David e José Duarte cruzou em segundo. O pódio foi completado por Ton Kawakami. Guilherme Brito terminou a prova em quarto e Diogo Moreira ficou em sétimo. A próxima etapa será no dia 30 de agosto em Curitiba

Brian David venceu pela segunda vez no ano, quarta em sua carreira na GPR 250 Foto: Rodrigo Ruiz/Grelak Comunicação

Brian David venceu pela segunda vez no ano, quarta em sua carreira na GPR 250
Foto: Rodrigo Ruiz/Grelak Comunicação

A categoria-escola do Moto 1000 GP proporcionou mais uma vez uma corrida sensacional aos fãs da motovelocidade. Neste domingo (26) em Campo Grande (MS) os jovens pilotos da GPR 250 fizeram uma prova bem disputada e com muitas mudanças de posição. Sob forte calor no autódromo internacional Orlando Moura, Brian David levou a melhor. O dono da Honda CBR 250 R #35 soube ditar um bom ritmo para se manter na liderança, de ponta a ponta, cravar a melhor volta e vencer. José Duarte cruzou em segundo, fazendo a dobradinha do Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros. Guilherme Britou ficou em quarto e Diogo Moreira completou a quarta etapa na sétima posição. A próxima etapa será no dia 30 de agosto em Curitiba.

Com uma vitória tranquila para Brian David, a briga ficou pelas demais posições da disputa. E o melhor e mais bonito duelo da etapa foi protagonizado por José Duarte e Ton Kawakami. Os dois se tocaram em algumas voltas e trocavam de posições em várias oportunidades, mas na reta de chegada, com os dois lado a lado, o cearense Duarte acelerou forte para cruzar em segundo e garantir seu primeiro pódio no ano, a diferença entre os dois foi de apenas 0.070.

Brian David faturou sua segunda vitória na categoria GPR 250, repetindo o feito da etapa de Cascavel. Após largar na pole position, o jovem de 12 anos, soube fazer uma boa largada, ditar bom ritmo, para abrir uma vantagem para os concorrentes e ainda determinou o novo recorde na GPR 250 com 1min46s939.

“Foi uma corrida muito difícil, eu puxei um ritmo forte até o fim, e só diminui um pouco depois que o Meikon sofreu uma queda. Mas, senti algumas dificuldades de virar umas voltas rápidas. Mesmo assim consegui fazer uma boa corrida e para minha surpresa até fiz a volta mais rápida da prova, com o novo recorde na categoria. Estou muito feliz em ganhar aqui em Campo Grande. Parabenizo também meu companheiro José Duarte, que fez grande corrida e ficou em segundo. E agradeço a toda equipe pelo resultado”, comemorou David, que segue em segundo lugar no campeonato, agora com 65 pontos.

José Duarte também ficou muito contente com o resultado. O piloto de 17 anos vinha buscando o pódio há algum tempo e em Campo Grande travou uma bela disputa com Ton Kawami na briga pelo segundo lugar. O belo duelo só terminou na bandeirada, com Duarte levando a melhor, com uma vantagem mínima de 0.070 para Ton.

“Foi uma corrida muito disputada até o fim. E para mim foi uma prova de superação, pois não foi um final de semana fácil. Nos treinos eu não estava conseguindo virar bons tempos, mas na corrida as coisas começaram a mudar e tudo deu certo. Depois de uma disputa equilibrada com o Ton, consegui ficar em segundo e estou muito contente. E também estou feliz pelo meu companheiro Brian, que conseguiu mais uma vitória para o time”, declarou o dono na Honda #97, que agora está em terceiro na classificação, com 52 pontos.

Guilherme Brito, que largou em oitavo, conseguiu se recuperar durante a corrida e completou a etapa sul-mato-grossense na quarta posição. “Foi uma corrida boa. Eu estava bem animado em fazer um bom resultado. Errei na largada, e um concorrente veio para cima e eu perdi a posição. Mas consegui me recuperar, e vim buscando posições. Depois o Meikon (Kawakami) caiu. No final, quase perdi a quarta posição, mas meti a mão para garantir o quarto lugar”, disse o paulista da moto #19, que é o quarto no campeonato com 42 pontos.

Diogo Moreira, depois de largar em nono, melhorou seu desempenho na corrida e completou a prova na sétima posição. Agora, o caçula do elenco Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros está em sétimo na classificação da GPR 250, com 34 pontos.

Resultados da GPR 250 em Campo Grande (top-10):
1 Brian David (GO/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, 11 voltas em 20min04s671
2 José Duarte (CE/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 11s547
3 Ton Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda, a 11s617
4 Guilherme Brito (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 17s687
5 Rafael Traldi (SP/Motonil Motors-PDV Brasil), Kawasaki, a 19s057
6 Giovandro Tonini (RS/Santin Racing), Honda, a 25s038
7 Diogo Moreira (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 39s528
8 Niko Ramos (SP/M2B Racing), Kawasaki, a 39s633
Não completaram:
Meikon Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda
Herbert Pereira (RS/Motonil Motors-PV Brasil), Kawasaki

Classificação da GPR 250 após quatro etapas (Top-10):
1º) Ton Kawakami, 87
2º) Brian David, 65
3º) José Duarte, 52
4º) Guilherme Brito, 42
5º) Rafael Traldi, 38
6º) Meikon Kawakami, 37
7º) Diogo Moreira, 34
8º) Felipe Gonçalves, Gustavo Gil e Niko Ramos, 24
11º) Indy Munoz, 21

Fonte: FGCom Assessoria de Comunicação/Imprensa

Anúncios
Esse post foi publicado em Competições, Motociclismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s