Clássicas

Guzzi V7 Sport – 1973

A Águia Italiana

Guzzi V7 Sport Left Front Sideview jpg

A fábrica de motos Guzzi foi fundada em 1920 e rapidamente se tornou conhecida no mundo inteiro pela figura da águia no seu emblema e pelo motor monocilíndrico (com o cilindro apontando para fora em direção à roda dianteira) que equipava suas motos. Esse design permaneceu inalterado por mais de 45 anos com algumas pequenas modificações.

A maioria desses motores “single” deslocava cerca de 500 cc e, embora as motos equipadas com eles tivessem um caráter esportivo, nenhuma delas era realmente rápida. Durante esse mesmo período, no entanto, a empresa produziu algumas motos de corrida que eram tecnicamente muito avançadas, com motores superalimentados.

Mas, foi só em meados dos anos 60 que os motores monocilíndricos foram substituídos pelos V-twin. Montados em uma moto chamada de V7, esses motores inicialmente deslocavam 700 cc, mas tiveram sua capacidade volumétrica aumentada para 750 cc em 1969. O modelo V7 Especial chegou com tração por eixo cardã no lugar da tradicional corrente e, quando equipada com os acessórios adequados, tinha um desempenho impressionante.

Num esforço para atingir um público mais esportivo, a Guzzi lançou uma versão mais “mansa”, que foi chamada, merecidamente, V7 Sport e que começou a ser fabricada em 1971, depois que o engenheiro Lino Tonti produziu um novo quadro para abrigar o motor 90 V-twin, transversal, menos “picante” do que o das V7 Especial. Ela foi a primeira Guzzi verdadeiramente esportiva utilizando esse motor.

O modelo 1973 que ilustra esta matéria é um bom exemplo da nova concepção de estilo e desempenho desenvolvida pela fábrica italiana. As primeiras unidades produzidas tinham chassi pintado de prata, que só mais tarde foi modificado para o modelo básico preto. A estabilidade sempre foi um ponto forte das Guzzi e as V7 mantiveram essa característica tanto nas retas quanto nas curvas rápidas, graças principalmente à rigidez do seu conjunto, que usava o grande motor V-twin com parte integrante da estrutura do quadro, e ao redimensionamento do sistema de suspensões.

Apesar dos seus 225 kg de peso, é uma moto fácil de manobrar e que tem desempenho digno de uma 750cc. Essa é, em linhas bem rápidas, a história da V7 Sport, a moto que deu origem à lenda do grande e rápido motor Guzzi V-twin, a lenda da Águia Italiana!

Anúncios
Esse post foi publicado em Motociclismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s