Superliga Brasil de Motocross: Dudu Lima vence e assume a liderança

Dudu Lima somou pontos importantes na MX2, após vencer as duas baterias da terceira etapa da competição disputada no fim de semana, dias 14 e 15, em Recife (PE)

Foto: IC Fotos/Rinaldi

Dudu Lima é o novo líder da categoria MX2. O piloto parecia inspirado e não encontrou dificuldades para dominar a competição. O evento foi realizado nos dias 14 e 15, em Recife (PE).

Na primeira disputa, o atleta natural de Monte Mor (SP) largou bem e assumiu a ponta já na terceira volta, abrindo vantagem. Na corrida seguinte, largou em segundo e aproveitou um erro de Anderson Amaral para conquistar a liderança e mantê-la até receber a bandeira quadriculada.

“Apesar de não ser um terreno com o qual estou acostumado, gosto muito de correr na areia. Dediquei-me bastante aos treinos, reconheci a pista, ajustei a moto. Alinhei no gate para vencer e felizmente posso comemorar este grande resultado”, exalta.

A vitória na etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross, que aconteceu no fim de semana anterior, motivou o piloto patrocinado pela Rinaldi. Dudu é apontado como um dos favoritos aos títulos da temporada e está animado com a possibilidade de erguer a taça pela primeira vez.

“Sonho com o título há muito tempo. Por três anos fui vice, porém, sinto que agora chegou a minha vez. Claro, o ano está apenas começando e tudo pode acontecer, mas, no que depender de mim, vou fazer o meu melhor para tornar esta conquista possível”, garante.

Marcello “Ratinho” Lima não teve a mesma sorte do irmão e terminou a etapa com o 13° lugar na categoria MX Pró, caindo da sétima para a oitava posição na classificação. O piloto teve que abandonar a primeira bateria, após ficar sem embreagem, e na disputa seguinte alcançou apenas a oitava colocação.

“Fiquei muito desconcentrado com o que aconteceu na primeira corrida, primeiro enrosquei com outros pilotos em uma curva e depois não pude completar por causa da embreagem. Poderia ter rendido mais na prova seguinte, infelizmente, não obtive o desempenho esperado. Agora é se preparar para a próxima”, explica.

A quarta etapa da Superliga Brasil de Motocross será em Chapecó (SC), nos dias 5 e 6 de maio. Antes de enfrentá-la os pilotos Rinaldi disputam a segunda etapa do Brasileiro, em Canelinha (SC), nos dias 28 e 29 de abril.

Resultado da etapa:

MX Pró
1) Carlos Campano – 50 pontos
2) Jorge Balbi – 44 pontos
3) Jean Ramos – 38 pontos
4) Leandro Silva – 34 pontos
13) Marcello “Ratinho” Lima – 13 pontos (piloto patrocinado pela Rinaldi)

MX2
1) Dudu Lima – 50 pontos (piloto patrocinado pela Rinaldi)
2) Hector Assunção – 44 pontos
3) Thales Vilardi – 38 pontos
4) Rafael Faria – 35 pontos
5) Rodrigo Santos – 32 pontos

Classificação do campeonato:
MX Pró
1) Carlos Campano – 150 pontos
2) Jorge Balbi – 114 pontos
3) Adam Chatfield – 114 pontos
4) Leandro Silva – 109 pontos
5) Wellington Garcia – 98 pontos
8) Marcello “Ratinho” Lima – 66 pontos (piloto patrocinado pela Rinaldi)

MX2
1) Dudu Lima – 130 pontos (piloto patrocinado pela Rinaldi)
2) Thales Vilardi – 124 pontos
3) Hector Assunção – 123 pontos
4) Rafael Faria – 115 pontos
5) Anderson Amaral – 77 pontos

About these ads
Esse post foi publicado em Motocross. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s